quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Sobre você

"Why do birds, suddenly appear?
Every time you are near
Just like me, they long to be
Close to you


Why do stars, fall down from the sky?
Every time you walk by
Just like me, they long to be
Close to you


On the day that you were born, the angels got together
And decided to create a dream come true
So they sprinkled moon dust in your hair
Of gold and starlight in your eyes of blue (no teu caso green né filhão kk?)"




   Hoje eu vim aqui falar sobre você meu filho, sobre esse turbilhão de sentimentos dentro de mim com a aproximação do seu primeiro aniversário.
  Sabe Nicolas, muito antes de você nascer, logo que eu descobri estar grávida te escrevi uma carta. Essa carta se perdeu, espero um dia achar ela no meio da minha bagunça, rs... Enfim, nela estava escrito mais ou menos assim: " Meu bebe, quando te imagino vem na minha cabeça a imagem de um menino loiro brincando na praia, me perdoe se você não for menino, ou muito menos loiro, mas não consigo te imaginar de outra forma (...)". Eu te imaginava assim filho, um menino bem moleque com o cabelo loiro todo bagunçado brincando na areia da praia, não tenho ideia do motivo, mas essa foi a primeira imagem que formei tua... Mais tarde, ainda grávida comecei a sonhar contigo, cada sonho a emoção de te ter nos braços  em outro plano tomava conta, nos sonhos você era recém nascido, tinha os cabelos escuros e sempre estava dormindo. Todo sonho era o mesmo bebe. Que emoção foi quando em um desses sonhos você me olhou nos olhos filho, matei a minha curiosidade e vi a cor deles, eram de um azul bem escuro, você me olhou profundamente, na alma, como faz até hoje. Tudo isso pode ser uma enorme coincidência, mas você quando nasceu era exatamente o bebe dos meus sonhos. Me emociono ao lembrar das primeiras vezes que te peguei neste plano e vi que você era real. O menino loiro ficou pra trás, o recém-nascido também.
  A vida real era mais dura que os sonhos, você chorava muito e eu te intitulei como um bebe bravo, que na realidade era apenas um bebe com dor, pois quando se livrava dela era o mais angelical de todos os seres nesta terra. Tenho uma teoria que precisamos passar por certas coisas, não sei exatamente o motivo por qual passei tudo o que passei nos seus primeiros meses filho, eu me sentia tão sozinha, tão cansada, tudo era tão difícil e você parecia nem mesmo gostar de mim, apenas do seu pai. Mas quando você estava bem era tão recompensador.... As vezes acho que passamos por tudo aquilo pra que eu me tornasse mais forte e uma mãe melhor para você. Mas esta fase passou, descobrimos suas alergias, consegui acertar uma dieta e você parou de chorar. 
  O tempo foi passando, seu cabelo castanho foi caindo, seus olhos azuis escuros foram ficando cada dia mais claros, se transformaram em um azul lindo e depois mudaram de novo, escureceram, viraram verdes! Um cabelo novo começou a nascer, seus choros foram dando lugar a sorrisos, sua personalidade difícil foi dando lugar a um bebe simpático  querido e extremamente carinhoso, apesar de voluntarioso algumas vezes. Parou de chorar toda vez que via pessoas e ao invés disso aprendeu a mandar beijos e chamar a atenção. Continuou amando o papai, mas se descobriu completamente apaixonado por mim. Cada vez mais eu conseguia ver realmente como você era, era como se uma venda fosse tirada dos meus olhos, você era o meu bebe dos sonhos sim, o bebe que eu sonhei a vida inteira, veio daquela carta pros meus braços. 
  Filho, aos meus olhos você é perfeito, sua pele morena clara faz uma combinação linda com seus cabelos loiros e olhos verdes, ah, como eu sempre sonhei em ter um bebezinho assim! Parece que foi exatamente como diz a música "On the day that you were born, the angels got together and decided to create a dream come true", pois os anjos se esforçaram o maximo pra criar você do jeitinho que eu queria! Tudo em você me encanta: Quando você vem me chamar a atenção quando não estou te dando bola, sua risada forçada quando pedimos pra você sorrir pra foto, sua gargalhada engraçada que nos faz rir juntos, seu jeito de me acordar todos os dias com carinhos, seus beijos babados, seu pézinho cheiroso e perfeito (mãe pode achar o chulé do filho bom ou ai já é demais? haha), aquele cheirinho do teu cangote, ah! que delicia, não existe perfume igual no mundo. Tua vozinha fina gritando DÁDÁDÁ o dia todo pra tudo e qualquer coisa, teu jeitinho fofo de falar, teus dentinhos separados que meu deus, são um charme! E quando você me chama de mam ou mama então? eu me derreto toda! E quando você resolve mesmo com medo se soltar e dar seus passinhos cambaleantes? me transforma na pessoa mais feliz do mundo! Sem nem mencionar quando estou triste que você fica fingindo que está rindo ou fazendo palhaçada pra me deixar feliz, como pode entender sendo tão pequeno! Acho que deve ser coisa de mãe mesmo porque eu te acho perfeito demais, um ser de muita luz, um verdadeiro anjo! Além da ligação que nós temos né filho? algo que só nós entendemos, com apenas um olhar seu eu já sei de tudo. O meu colo pra você é o único porto seguro que é capaz de salvar de tudo e de todos. Você faz eu me sentir uma super heroína, curando toda e qualquer dor e incomodo apenas com carinho.

 Filho este texto gigante e bobo é bem coisa de mãe mesmo, se acostume, que vem mais melação por ai... Mãe sempre acha seu filho o mais lindo, o mais esperto, o mais perfeito, e pra mim você é tudo isso e mais um pouco!! E isso que eu não falei nem da metade! Obrigada por vir completar minha vida meu anjo, você consegue ser a pessoa mais maravilhosa desse mundo pra mim, tudo o que eu sempre sonhei em um filho você tem, é sensível, carinhoso, perceptivo, lindo, inteligentíssimo.... Você é minha vida! Te amo além do amor.