domingo, 30 de junho de 2013

6 meses


  Poxa, meio ano que eu tenho essa coisa gostosa aqui comigo, pode isso? E esse polaco anda muito esperto viu, não é porque é meu filho não mas o bixinho é ligeiro! Se mês passado foi o mês dos "quase": quase sentando, quase rolando, quase pegando no pé. Esse mês foi o mês das conquistas, em + ou - 2 semanas ele mudou completamente, até me assustei!

- Esta medindo 68 cm e pesando 7,300 kg (mês passado media 64,5 cm e pesava 7kg)
- Continua na fralda M mas por pouco tempo pois começou a ficar pequena
- Agora acorda entre 7:30 e 9 da manhã pra eu o trocar, troco e ele empacota de novo, tem dias que até as 10:30!! (acho que deve ser o frio...)
- Começou a acordar mais durante a madrugada, acordando até 4 vezes algumas noites
- Começou a comer papinha e prefere as salgadas que as doces, mas leite materno ainda é 90% da sua aliementação
- Adora água, principalmente se eu deixo ele tomar da minha garrafinha
- Toma banho tanto no balde quanto na banheira e faz festa nos dois igual, ama banho e massagem
- Aprendeu a pegar nos pés e ficou doido por eles, mas é raro quando consegue colocar na boca sozinho
- Não chora mais quando acorda sozinho, entendeu que nós nos afastamos mas voltamos, então fica "falando" quando acorda, até irmos pegá-lo
- Nos acorda de manhã fazendo carinho e "conversando" se mesmo assim não acordamos ele parte pra bicuda hahahaha dai me chuta até eu levantar para trocá-lo
- Ainda prefere o colo da mamãe pra dormir, mas voltou a aceitar que o papai ou a vovó o façam dormir
- Perdeu quase todo o cabelo, mas está cheio de cabelo novo, que vem clarinho
- Antes se distraia durante as mamadas mas nada como agora, ultimamente eu tenho que cobrir o rosto dele pra ele poder mamar, se eu for por exemplo, tomar água, já é motivo pra ele largar o peito e pedir pra tomar agua na garrafinha também. Várias vezes tenho que ficar em silencio pra ele mamar senão reclama
- Gosta de dormir com eu cantando pra ele, se paro de cantar começa a reclamar na hora
- Está superando o medo de lugares cheios de gente hahaha, graças a Deus
- Continua não curtindo muito o colo de desconhecidos
- É muito simpático e sorri pra todo mundo, várias vezes se esconde de vergonha se mexem com ele awn
- Agora quer entrar no nosso pique, várias vezes ficando acordado até mais tarde conosco (tipo 9 da noite asdhuiashdui) mas o horário de ele dormir é por volta das 7:30.
- Começou a falar mam ou mama quando quer mamar se ele sabe o que significa eu não sei, mas que ele fala quando quer mama fala hahaha
- Aprendeu a rolar agora pros dois lados e passa o dia inteiro se virando, se achando o rei da cocada preta por conseguir.
- Quando quer algum brinquedo, se vira, se rola, vai na transversal, tenta se arrastar até pegar o brinquedo.
- Aprendeu a se agarrar na caixa de brinquedos e virá-la pra pegar algo que quer
- Aprendeu a jogar as coisa no chão e acha um barato, arranca da nossa mão pra jogar no chão, e pense na força que o menino tem!
- É extremamente carinhoso e sensível, faz carinho em mim, no pai, no cachorro, na vó, no brinquedo, em quem mais se habilitar. Da abraços e beijos babados. E odeia gritos ou que falem de forma ríspida com ele.
- Começou a aprender (finalmente) o significado da palavra não, mas isso não significa que obedeça haha
- Sentou finalmente :D
- Adora beijos, abraços e carinho, adora mesmoooo, ainda bem porque adoro apertar meu pequeno <3
- Começou a gostar mais de ficar de bruços mas ainda não gosta muito de ficar sentado
- Gosta de música de todos os tipos
- Fica tranquilo brincando com seus brinquedos, mas se resolve que quer colo tem que dar na mesma hora, senão chora até perder o ar
- Passa 25 horas por dia com as mãos na boca
- AMA a música parabéns pra você







com seu brinquedo preferido no dia do seu mesversario









 





acabei de acordar ahsdauishduia



brabo da mami




sábado, 15 de junho de 2013

Papinha, grude, bigodes e coisas mais

Antes de mais nada... fala sério, é ou não é um gato esse meu filho???
























Pois é, não tenho postado muito no blog né? ainda to sem net em casa (porque pelo jeito moro no fim do mundo já que nem net a radio pega na minha casa, mereço? essa semana vamos tentar uma outra empresa... tomara que de certo) o tempo também não tem sobrado, durante o dia é correria total e a noite to na faculdade, final de semana tem que dar assistencia pro esposo* também né? BLABLABLABLA mentira. Realmente meus dias são corridos e tudo mais, mas esse não é o verdadeiro motivo que eu não tenho postado. Querem saber o real motivo?? preparem-se, tcham tcham tcharãmmmmmmm


o simples e velho: medo!

Isso aí, M-E-D-O, daonde isso Ana, ta louca? medo do que? É que putz, depois que comecei a divulgar o blog e aumentaram as visualizações e amigos inclusive começaram a ler, bateu aquele medo de não agradar. Medo que antes não existia nas outras postagens... Não sei se alguem reparou deixa eu me iludir que eu tenho leitores fieis vai? mas as postagens deram uma mudada, um ar mais sério, direto, sei la, não era eu ali!!! Putz, li o post sobre a chupeta, o que era aquilo? foi escrito por um robo ou o que? Sinceramene? QUE BOSTA hahaha. O medo sempre me prendeu muito pra muitas coisas, o fato é que eu sou uma cagona e não falo MUITA coisa por medo de não agradar os outros, pra evitar a fadiga sabe? Muitas vezes não postei pelo tema ser polemico ou até mesmo por algum conhecido acabar achando que era pra ele e se queimar, ou sei lá! Eu sou uma pessoa que preciso da aceitação dos outros #prontofalei.

 Mas eu tava com saudade daqui, afinal eu criei esse blog pra eu poder desabafar e poxa, não tava nem um pouco com a minha cara... não era mais eu ali.... E tem tanta coisa que eu quero contar, o tempo tem passado tão rapido!

Ok, então chega de enrrolação

Primeiro lugar: Papinha

É, é, meu filho ta comendo, ok? não ele não tem 6 meses. É eu sei o que a Organização Mundial da Saúde fala, eu sei o que o teu pediatra fala, eu sei que blablablablabla. Meu filho está com 5 m e17 d e come 3 x por dia, me julgue. Eu não quero incentivar ninguém a dar comida pro seu filho antes dos 6 meses, nem acho que o certo é dar com 5 meses nem asnjkdnecuiwhnduinaskckasnidionasiod eu quis dar, eu dei, to dando e ninguém tem nada com isso (hohohohohoho). Enfim, pra me justificar, meu filho mama muuuuuuito e isso começou a me incomodar, amamentação que é algo maravilhoso começou a virar algo chato, estava parando de ser legal pra mim, eu sou super a favor da amamentação exclusiva até os 6 meses e prolongada até quando a mãe e o bebe acharem melhor, seja isso com 8 meses, 2 anos ou sei la, 10 anos de idade, mas como eu já respondi numa pergunta lá no ask, quero amamentar até quando estiver legal pra mim e pro Nicolas e poxa, não tava legal. E eu não quero tirar ele do peito tão cedo então comecei sim a dar comidinhas pra ele e não acho que vá fazer mal ofecerer alimentos 1 mês antes não tem mãe que dá com 3 meses e você quer implicar comigo?. Desde que eu comecei a dar papinha pra ele ouvi coisa de todo que é tipo, na verdade to acostumada já porque desde a gravidez tenho que fingir que não escuto muuuuita coisa (mãe=imã de palpite), tem gente que me olha como se eu tivesse dando veneno pro meu filho, outros acham que to dando tarde e que ele já devia ta comendo danoninho a essa altura hahaha, como tudo na vida, as opiniões divergem, a minha pediatra acha um absurdo, mas eu nem ligo, já que ela mandou eu dar chupeta pro Nicolas como se isso fosse quase que essencial para a sobrevivencia dele na terra. (Não vão achar que eu não dou ouvidos pra pediatra do Nicolas, mas como tudo que todo mundo fala, eu escuto, vejo se é plausível, como toda mãe moderna procuro na net e tiro minhas próprias conclusões já que a responsável por decidir pelo meu filho sou eu e não a pediatra hehe). Enfim, to dando comida pra ele e pronto. E poxa, ele ta curtindo, tem comido super bem para os padrões bebezisticos, ainda come pouco, mas aceita tudo que eu ofereço e já se acostumou com os horários o que está regulando a rotininha de alimentação dele (até que enfim já que passava 24hrs com o peito na boca hahahaha), com a laranja-lima tive um pouco de dificuldade, no começo ele não tomava de jeito nenhum, inclusive vomitava se eu insistisse, mas não desisti, na 5a tentativa ele simplesmente tomou um monte e amooooou, como se aquilo fosse a melhor coisa na face da terra, vai entender! Agora ele já come banana, maça, pera, laranja-lima, batata, batata-salsa, frango e cenoura. Estou adicionando aos poucos as novidades a alimentação dele e amanhã pretendo oferecer mamão.. Estou gostando da experiencia, é muito legal ver nossos bebes descobrindo novas texturas, gostos e coisas, deixo ele pegar na comida, se lambuzar, pegar a colher... Acho que tudo isso é aprendizado... No mais o resultado tem sido positivo, bebe mamando menos (o que ainda é mais de 8 x ao dia) tudo bonito, lindo, maravilhoso tirando a parte do coco que está fedendo pior que bixo morto!!!

Notícia número dois: O Nicolas ta sentando, rolando, engatinhando e ficando careca!!

  Ta bom, é mentira vai, ele ta loooonge de engatinhar ainda hehe, mas já dá suas tentativas e vez ou outra consegue ficar de quatro e se joga pra frente (uma hora vai!), quanto a sentar ele deu uma boa evoluída, mas afinal, quando que se considera um nenem sentante? quando ele não cai nunca ou quando ele só cai as vezes? hahahaha, ele ainda cai, mas geralmente demora pra cair e na maioria das vezes se joga mesmo pra ficar na posição de bruços que ele ainda não gosta muito, mas gosta mais que ficar sentado enfim, ainda não senta oficialmente, mas consegue ficar sentado brincando por um tempo. A parte do rolando é verdade, ele aprendeu a se virar (de bruços pra de costas) relativamente cedo por ser um bebezinho prematuro, com 2 meses e alguns dias já conseguia se virar, mas pra virar ao contrário (de costas para de bruços) puuuutz, demorou, ficou nessa do quase um bom tempo, uma coisa que contribuiu a demora é ele de fato não gostar de ficar de bruços, então por que viraria pra essa posição?? Agora ele vira quando quer pegar algo que acha interessante, e só, ainda tem certa dificuldade e não usa como meio de locomoção a rolação hehehehe. Bem, mas a parte do careca, infelizmente é verdade, como vocês pode tristemente concluir nessa foto. Poxa, eu ficando careca já não era suficiente, meu bebe também? estamos numa competição louca de quem perde mais cabelo e ele ta ganhando! A parte de trás já ta va foda, agora também os lados? putz sacanagem, só um chumacinho em cima que não cai. Tadinho, tenho colocado tocas nele para evitar intrigas da oposição hehehe. Apesar disso ta lindo, gotoso, grandão e esperto que só vendo.



Grude com a mamãe e choro pro resto do mundo, o que eu faço??

Eu não sei se você chegou a ver os posts Não é mamãe e Não é papai mas bem, quero dizer que depois do ultimo post as coisas pioraram MUITO, não sei se é uma fase (espero que seja) mas o Nicolas ta muuuuuito grudado comigo, eu acho ótimo ele me amar, gostar de estar comigo e ser tão carinhoso, adoro que ele me abraça inumeras vezes ao dia e me faça carinho, que mame me acariciando ou brincando com meu cabelo, é coisa mais deliciosa do mundo. Também acho lindo que ele aprendeu a se jogar pro meu lado qualdo ta no colo de outra pessoa, eu morro de amores, temos nossos momentinhos tão únicos, nossos "segredinhos", nossos "jeitinhos", tão íntimo e tão nosso... é muito amor é muito amor! apesar disso tem a parte ruim, beeeeeeeem ruim... Ele não tem aceitado colo mais de NINGUÉM que não seja eu, não tem papai, mamãe, vovó, nem ninguém, é mamãe e só chora no colo de toda e qualquer pessoa. E ai se eu soltar ele no bebe conforto, carrinho ou seja lá o que for, ele chora até perder o ar, até ficar roxo, e não adianta deixar chorar, ele se afoga, começa a tossir e só chora mais até eu pegar ele no colo, pode isso? Ele quer passar o dia grudado em mim, não pode ouvir minha voz que já pira, não para 5 minutos com ninguém! Até pra dormir pra ele não basta dormir comigo, tem que dormir ABRAÇADO comigo, grudado. Quem vê pensa que eu não dou carinho pra ele de tão carente que anda esse menino! Pra vocês terem ideia na hora de comer hoje ele na cadeirinha dele do meu lado, eu ali grudada nele dando comida e almoçando, ele foi se encostando se encostando e abraçou o meu braço, posso com isso? claro que tive que pegar ele no colo né, sou fraca, qualquer coisa que ele faz já me derreto. Além disso, antes ele já não gostava de lugar com muita gente, mas não era tanto agora ta terrível, não posso ir em nenhum lugar com mais de 5 pessoas que ele olha todo mundo e chora, chora, chora chora. Nem aniversário pra ele eu não vou fazer mais, já que pelo jeito ele vai se desesperar de ver o pessoal. E pra ir pra faculdade? vou com o coração na mão ele chora no mínimo uns 15 minutos quando percebe que eu não to perto, aí cansa e dome... :(
   ( ps. se alguém tiver alguma dica por favoooor me ajudem, preciso reintegrar o meu filho na sociedade! Além de que eu não consigo nem fazer comida se não for com ele no colo :S)
Intimidades, brincadeiras só a gente entende


Notícia numero quatro: Saímos sem o Nicolas (agora foi!!)
 
  Depois que o Nicolas entrou nessa fase de grude total eu evito sair de casa tanto com ele como sem ele, na faculdade tenho ido só nas aulas mais importantes, tenho passado todo o tempo possível com ele até ele superar isso... Apesar disso resolvemos sair sem ele sábado passado, teria invasão mustache no pub e eu e o jean queriamos e precisavamos mesmo ir, eu principalmente, estava muito esgotada mentalmente, percisava sair um pouco de casa pra não ficar louca!! eu estava bem tranquila (me surpreendi comigo mesma) pois o deixaria dormindo e qualquer emergencia minha mãe nos ligaria. Deixei leite suficiente pra ele mamar 4 vezes (exagerada, eu? magina) e ele não mamou nenhuma! acreditam? ele nem acordou!! Eu dei mama e fiz ele dormir 9:45 e fomos, quando voltamos as 3 da manhã ele ainda estava dormindo, fiquei muito feliz e pretendo repetir mais vezes no futuro. Enfim, mas como foi lá? Poxa, sabe que foi bom? consegui me desligar dele (a quantia que uma mãe é capaz de se desligar do filho, claro) e curtir, olhei o celular de 15 em 15 minutos mas não liguei nenhuma vez! Não sei se vocês lembram da primeira vez que sai sem ele? Nossa, dessa vez foi bem diferente, não sei se por ele estar mais velho ou o que, mas consegui finalmente relaxar um pouco. É sempre ruim ficar longe do meu filho mas as vezes é necessário, se é que vocês me entendem


Enfim... é isso que tem rolado por aqui esses dias, prometo (pra mim mesma) que os posts serão mais frequentes já que eu morro de saudade de postar aqui <3
 Deixo vocês curtindo essa fofura que é o meu filhote:



Beijos da Ana e do Nico :*

segunda-feira, 10 de junho de 2013

1 ano do positivo!

Não há nada mais lindo do que amanhecer num dia de domingo e lembrar que eu tenho você...


"Tudo começou dia 01/06, sexta-feira, que era o dia esperado para a mens descer... Já havia parado de tomar o anticoncepcional ha 4 dias, e sempre vinha no dia certo. Obviamente, nada aconteceu. Pensei que fosse algo normal, não que sempre atrasasse, mas já havia atrasado 3 dias uma vez e não era nada, resolvi esperar o fim de semana passar e apenas comentei com uma amiga mais próxima que era pra vir naquele dia.
  Na segunda meu namorado acabou perguntando se já tinha vindo, falei a verdade, mas não o preocupei pois estava realmente muito tranquila, eu estava inchada e com bastante dor nos seios, sinais de que tudo se regularizaria nos dias a seguir.
 O tempo foi passando, e nada aconteceu, o inchaço continuou e a dor nos seios piorou... quando chegou na quarta-feira fiquei preocupada, meu humor estava péssimo, não via a hora de descer logo, parecia que eu estava em uma tpm eterna! Falei em comprar um teste mas ele não quis, disse que eu estava apressando as coisas. Eu não aguentava mais ficar na dúvida, não aguentava mais não saber o que estava acontecendo comigo, precisava confirmar que não estava gravida. Então contei pra minha irmã o que estava acontecendo pedi pra ela comprar um daqueles baratinhos mesmo. Depois de comprado falei pra ele: "Faço o teste amanhã, quer fazer comigo ou não?" "ok, venha posar aqui em casa e fazemos amanhã cedo", simples assim.
 Acho que a noite que se passou foi a mais longa da minha vida, ele me buscou na faculdade e fomos na casa de alguns conhecidos. Eu estava perplexa, como ele conseguia estar tranquilo daquela forma se eu estava tão preocupada? Pedi pra irmos embora mais cedo, chegamos umas 2 da manhã e fomos direto pra cama. Ele dormiu como uma pedra, eu não dormi nada. O tempo pirraça, insiste em não passar, quanta coisa passando pela cabeça nesse momento... Será?
 O celular despertou as 7 da manhã e eu já estava acordada... Ele pediu pra dormir mais um pouco, falei "tudo bem", mas não aguentei, passaram-se 10 minutos e eu fui fazer o teste, ele veio atrás, meio zumbi, sem ter acordado direito, estando certo que eu estava "colocando a carroça na frente dos bois" como ele dizia, e que daria negativo.
  Daqui pra frente foi tudo muito rápido, foi colocar o palitinho no xixi e pronto
- o que está acontecendo? ele perguntou. Pasmo pois do nada tudo estava ficando rosa.
Antes que eu pudesse responder já haviam 2 listrinhas bem fortes apontando um positivo. Depois disso lemos a bula algumas vezes, e esperamos uns 10 minutos pra ver se a segunda listrinha desaparecia...
 Pois é, não desapareceu."